O Legado Literário e Musical do al-Andalus

Datas: 24 a 28 de julho | dias úteis das 17h30 às 20h30

Docente Responsável: Ana Paiva Morais

Docentes: Natália Maria Lopes Nunes

Áreas: Línguas, Literaturas e Culturas

 

Creditação para professores do Ensino Básico e Secundário

A aguardar.

Objetivos

  • Conhecer e /ou actualizar conhecimentos sobre o legado islâmico do al-Andalus

Programa

Entre os séculos VIII e XV, o al-Andalus legou para o presente diversas maravilhas arquitectónicas, vestígios arqueológicos, saber científico na Medicina, Matemática, Astronomia, Botânica, Agricultura, a arte equestre e a arte do jogo de xadrez, a Filosofia, a Mística a Língua, a Literatura e a Música arábico-andaluza.

Tratando-se de um tema muito vasto, e que não cabe nos moldes deste curso, far-se-á uma breve “viagem” pelos aspectos mencionados, com destaque para o legado literário e musical:

1. Breve síntese sobre a História do al-Andalus: os diferentes períodos

2. Breve referência ao legado islâmico do al-Andalus: arquitectónico, arqueológico, científico, gastronómico, equestre, filosófico, literário, místico e musical, com destaque para:

2.1. O legado literário

a) A literatura profana e mística do al-Andalus: autores e místicos mais importantes

b) A importância da poesia e as principais temáticas da poesia do al-Andalus

2.2. O legado musical

a) As influências orientais de Zyriab e o papel de Avempace no desenvolvimento da música do al-Andalus

b) Os instrumentos musicais

Nota: em cada conteúdo abordado, far-se-á uma reflexão sobre a importância do legado islâmico do al-Andalus na cultura portuguesa.

Bibliografia

COELHO, António Borges, Portugal na Espanha Árabe, 3ª ed. revista, col. «Colecção Universitária», Lisboa, Caminho, 2008.

CORBIN, H, Histoire de la philosophie islamique, Paris, Gallimard, 1964.

CORTÉS GARCÍA, M., Música y poesía en el esplendor omeya, Córdoba, 2001.

GUICHARD, P., Al-Andalus 711-1492. Une histoire de l’Andalousie Arabe, Paris, Hachette, 2000.

 

Natália Maria Lopes Nunes é doutorada na área de Línguas e Literaturas Românicas, especialidade em Literatura Portuguesa (dissertação apresentada na FCSH|NOVA e com pós-doutoramento na área da Literatura Profana e Mística do Gharb al-Andalus (investigação desenvolvida e concluída no CH-FLUL). Na FCSH|NOVA, é investigadora integrada do IELT e ainda colaboradora do IEM. Autora de vários artigos, é ainda a colaboradora responsável em Portugal pelos estudos sobre o grande místico Ibn ‘Arabī, na Associação Internacional Muhyiddin Ibn Arabi Society (MIAS) em Espanha e com ligações ao Reino Unido e aos Estados Unidos. É  também membro fundador da Casa Árabe de Lisboa.