Medievalista: Bestiario

Na Idade Média, o mundo era concebido como um livro de origem divina que precisava de ser lido e descodificado em função do seu Demiurgo e Criador. Esta visão cosmológica teve grandes repercussões no desenvolvimento de um pensamento que encarava a natureza como um conjunto de símbolos e manifestações divinas. Devidamente enquadrados pela oratória dos clérigos, os animais assumiam-se como símbolos de particular eficácia. A observação crítica e a leitura das obras produzidas pelos autores medievais implica, para os estudiosos contemporâneos, um necessário estudo e conhecimento das simbologias animais então utilizadas, de modo a proporcionar uma mais completa e eficaz compreensão dos textos e imagens que a Idade Média nos legou.

BESTIÁRIO é o tema para este call for papers lançado pelo Instituto de Estudos Medievais (IEM), centro de investigação da FCSH/NOVA, para a revista Medievalista.

Os artigos, que devem respeitar as normas indicadas em http://www2.fcsh.unl.pt/iem/medievalista/MEDIA/instrucoes-autores-PDF.pdf, podem ser redigidos em vários idiomas (português, inglês, francês, castelhano, italiano, alemão) e enviados até Dezembro de 2019 para [email protected], de acordo com o modelo disponível em:
http://www2.fcsh.unl.pt/iem/medievalista/informations.html#call

 

In the Middle Ages, the world was conceived as a book of divine origin which needed to be read and decoded according to its Demiurge and Creator. This cosmological vision had great impact upon the development of a thinking that looked at nature as a set of divine symbols and manifestations. Properly framed by the clerics’ oratory, animals were symbols of a unique efficacy. The critical observation and a reading of the works produced be medieval authors requires, for contemporary scholars, study and knowledge of the animal symbologies then used, in order to provide a more complete and effective understanding of the texts and images that Middle Ages bequeathed to us.

BESTIARY is the topic of this call for papers and the Institute of Medieval Studies (IEM), a research center of FCSH / NOVA, invites scholars from Medieval Studies to submit their articles to Medievalista Journal until December of 2019.
Texts must respect the Editorial Policy and Autor’s Instructions: http://www2.fcsh.unl.pt/iem/medievalista/MEDIA/author-instructions-PDF.pdf, and can be written in Portuguese, English, French, Spanish, Italian, German and sent to [email protected], following the template available at http://www2.fcsh.unl.pt/iem/medievalista/MEDIA/author-instructions-PDF.pdf